Arquivo da tag: Patrimônio

UM SABOR BIPOLAR!

A culinária brasileira é uma mistura de cultura e ingredientes de índios, africanos, e europeus. Devido às grandes dimensões, e histórias um pouco diferentes quanto ao processo de colonização, as diversas regiões brasileiras possuem algumas diferenças marcantes e pratos típicos exclusivos. 

Ao me comunicar com a família que vive no exterior, a primeira coisa que eles se recordam ao falarem do Brasil, sem nenhum dúvida NÃO sou eu, infelizmente… Ou felizmente! Eles pensam na comida. A boa comida a moda brasileira. Brigadeiro, coxinhas, a tapioca, a feijoada, requeijão, a pizza que, segundo eles não existe igual…  eles pensam em uma cultura gastronômica rica para todos os gostos, comidas salgadas ou sobremesas doces.

Claro que, sou brasileiro, mas não é por isso que como essas delicias todos os dias. Não é bem assim, eu tenho uma bipolaridade em meu prato em todo santo almoço. Um marrom e branco, o arroz com feijão, em um estilo colonial. Mas não é só isso, no bom e rico prato vai de tudo, um pedaço de carne, vegetais, legumes, e é uma delicia encher o bucho dessa forma.

Cada região tem a sua especialidade! No Norte por exemplo, devido as florestas, rios e influência indígena, predominam as frutas, peixes e a mandioca. No Nordeste, o cocô que veio da Índia, o dendê, as buchadas de bode, os frutos do mar, o sururu! No Centro-Oeste, devido os grandes rebanhos de gado bovino há predominância dos pratos de carne, bebida com erva-mate, aves e caça do Pantanal, além do pequi, fruta do cerrado usada em vários pratos da região. Descendo um pouco mais, chegamos ao Sudeste, devido a sua característica cosmopolita há todos os sabores do mundo. No Rio de Janeiro, pode-se citar como típico a feijoada carioca, já em São Paulo o cuscuz-paulista domina. Em Minas Gerais, que tem uma rica e variada culinária, Tutu de feijão e carne de porco, sem contar as delicias derivadas do leite. No Espírito Santo, é muito famosa a moqueca capixaba. E se descermos ao Sul, por conta da imigração, há muita influência da cozinha italiana e alemã, entre outras. Com uma base em carnes, e lá, existe o mais famoso churrasco de todo o mundo, sem esquecer do delicioso chimarrão!

Quem mora longe do país não desmente, uma das coisas que mais faz falta é a comida que não nega a raça miscigenada que somos. Uma mistura que trás um pouco de tudo, dos nativos, dos europeus, africanos, e porque não, dos asiáticos… aqui tem de tudo. Venha para o Brasil e descubra. A cada passo que você dá, uma delicia diferente vai encantar a sua vida.

Anúncios

PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU

Boa noite, queridos monstrinhos.

Foi solicitado pelo docente Elias um trabalho sobre os patrimônios brasileiros da UNESCO. Escolhi algo relacionado a um lugar que gostaria muito de conhecer desde os 10 anos, as cataras de Foz do Iguaçu.

Vou contar sobre o local e publicar minha pequena pesquisa.


O PARQUE:

Foi criado em 1939, e abriga o maior remanescente de floresta Atlântica (estacional semidecídua) da região sul do Brasil.

O Parque protege uma riquíssima biodiversidade, constituída por espécies representativas da fauna e flora brasileiras, das quais algumas ameaçadas de extinção, felinos como a onça-pintada e o puma, repteis como o jacaré-de-papo-amarelo, e aves como o papagaio-de-peito-roxo e gavião-real. Mas o parque não abrange apenas animais, abrange também outros seres vivos, tais como as árvores peroba-rosa e araucária, além de muitas outras espécies de relevante valor e de interesse cientifico.

Tem mais de 600 mil hectares (1 hectare equivale a 10.000 metros²) em área protegida e 400 mil em florestas ainda primitivas. Responsabilidade ímpar para ações conjuntas entre brasileiros e argentinos nos esforços de preservação deste tão importante patrimônio mundial.

Como dito que os argentinos também tem importância na preservação do patrimônio, não é por acaso. Os limites do parque estendem-se até a Argentina, onde ficam outros 67 mil hectares. Lá, o meio de transporte é um trem que leva a dois circuitos – o Inferior, com 1.700 metros e passarelas que seguem junto às quedas até o nível d´água; e o Superior, com 650 metros e pontes suspensas que revelam uma visão completa do conjunto das cataratas. Os dois roteiros terminam à beira da maior e mais emocionante das quedas: a Garganta do Diabo. Com 90 metros de altura, é um dos cartões-postais da região abençoada. O lado argentino é mais rústico que o brasileiro, com mais trilhas para caminhadas.

QUANDO E PORQUÊ FOI CONSIDERADO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE?

Devido a essa expressiva variabilidade biológica somada à paisagem singular de rara beleza cênica das Cataratas do Iguaçu, fizeram do Parque Nacional do Iguaçu a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, no ano de 1986.

VISITANTES

  • Lado Brasileiro
    Julho (2015): 175.638 visitantes
    Julho (2014): 136.631 visitantes
  • Lado Argentino
    Julho (2015): 173.665 visitantes
    Julho (2014): 101.608 visitantes

SOBRE AS CATARATAS DO IGUAÇU

Principal cartão-postal de Foz, as 275 quedas do Rio Iguaçu são consideradas uma das maiores belezas naturais do planeta. Tombado como um Patrimônio da Humanidade, o Parque Nacional e seus atrativos ficam ainda mais impressionante nos meses de dezembro e janeiro, quando o volume de água é maior. Para apreciar as paisagens que se espalham por uma área de 186 mil hectares há diversos mirantes, passarelas panorâmicas e muita estrutura para receber a visita de quem realmente aprecia a beleza da natureza.

CURIOSI…DADE

  • Iguaçu tem o significado em tupi guarani de Água Grande.
  • Alvar Nuñes foi o primeiro europeu a encontrar as cataratas em 1542, um líder do Paraguai.
  • 185.262,20 hectares, e esta a 5 KM do aeroporto de Foz.
  • Seu bioma é a Mata Atlântica e conserva um dos maiores trechos da vegetação original da eco região da Floresta Atlântica do Alto Paraná, hoje, reduzida a 2.7% de sua cobertura original. (No Brasil)
  • Mais de 250 espécies de borboletas, 800 mamíferos, 45 anfíbios, 18 peixes, 200 aves e dezenas de répteis.
  • o Parque Natural confina com 14 municípios. Foz do Iguaçu, Medianeira, Matelândia, Céu Azul, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Santa Tereza do Oeste, Capitão Leônidas Marques, Capanema e Serranópolis do Iguaçu.

REFERÊNCIAS

SÃO PAULO ANTIGA, A CHAMINÉ DA REFINARIA DO AÇÚCAR UNIÃO!

Desde a vinda dos imigrantes italianos, no século XIX, a Moóca ficou caracterizada pela forte industrialização que ocorreu. Durante esse período, o bairro teve uma grande importância econômica…

Antigo logo da produtora de açucar!
Antigo logo da produtora de açúcar!

Localizado na rua Borges de Figueiredo no bairro da Moóca, o antigo prédio da Refino de Açúcar União hoje encontra-se abandonado e parcialmente destruído. Seu futuro segue indefinido e repleto de incertezas. Em um dos edifícios que compõe o antigo complexo industrial, nota-se que o teto desabou ou foi removido. Na imagem acima, vemos que o logotipo do Açúcar União foi removido, mas as marcas ficaram e são um registro quase arqueológico do que antes foi o local.

Desde a vinda dos imigrantes italianos, no século XIX, a Mooca ficou caracterizada pela forte industrialização que ocorreu. Além disso, durante esse período, o bairro teve uma grande importância econômica, devido às indústrias têxteis e a de outros setores, como a de refinados, mais especificamente a Companhia União dos Refinadores.

Em 1886, Domenico Puglisi Carbone (Itália) resolve mandar seus filhos Nicola e Giuseppe para o Brasil com a missão de abrir uma representação comercial para vender o vinho que ele (o velho Domenico) produzia. O começo foi difícil, pois tiveram que enfrentar a concorrência dos donos do mercado de vinho no Brasil: os portugueses e franceses. Mas em 1888, os irmãos ao criarem a companhia Puglisi, tiveram sorte: uma crise na Argentina trouxe muitos italianos para o Brasil, e já habituados ao vinho Italiano.

Dessa época até 1910, com o progresso da empresa e a visão empreendedora que possuíam, resolveram diversificar suas atividades. Pensaram em desenvolver o comércio de açúcar, porém observaram que havia uma concorrência suicida no mercado de açúcar entre as pequenas refinarias. A solução que encontraram para isso acontecer de uma maneira que o comércio fosse mais lucrativo e garantir produtos com uma qualidade superior ao mercado, conquistando uma clientela mais fiel, foi convencer os pequenos refinadores de São Paulo, a deixarem a rivalidade e a concorrência de lado e se unirem para formar uma única empresa. Como consequência, em 1910 surgiu a Companhia União dos Refinadores. Não tardou para que a estratégia se mostrasse acertada e diante da popularização do café, eles o incorporaram à razão social, que mudou para Companhia União dos Refinadores – Açúcar e Café.

Ao longo desses 104 anos de existência, a União passou pela Copersucar (Cooperativa de Produtores de Cana, Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo); pela NovAmérica; pela Cosan; e, em 2012, foi adquirida pela empresa Camil.

A filial na Moóca, que ficava entre as ruas Borges de Figueiredo, Guaratinguetá e João Antonio de Oliveira, foi desativada em 2006 e em 2012 deu lugar ao empreendimento imobiliário da Cyrela, chamado Luzes da Mooca, o qual a obra terminou recentemente, em maio (2014). A chaminé que representava o grupo União foi o que restou da companhia açucareira por ser considerado, pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), um bem cultural e patrimônio histórico da Moóca.

acucaruniao_x01

Mais uma indústria de São Paulo sucumbiu para dar lugar a novos empreendimentos imobiliários. Nesta mesma rua, ao lado desta fábrica, chegou a funcionar também a fábrica de brinquedos Glasslite e até hoje ainda funciona a deliciosa confeitaria Di Cunto.


Mais em

MEU PATRIMÔNIO PESSOAL!

Olá monstros pequenos da minha vida! Boa noite a todos! Como vão todos nesse dia frio e preguiçoso? Espero que bem!

Bom, foi-nos solicitado uma atividade pela docente Angélica onde, deveríamos procurar algo importante para nós mesmos, algo material, ou até mesmo imaterial! Deveríamos achar algo do que não abríssemos mão de nada nesse mundo!

Por dois dias fiquei pensando e pensando, demorei muito para me tocar que, família é tudo o que temos, então.. pensei em minhas duas casas, nas minhas duas metades, Brasil e Chile!

Eu tenho ambas as bandeiras em casa, e decidi ir atrás, e só achei as 17:40 de hoje (28), demorei para achar essas bandeiras, sério, fiquei o dia inteiro procurando elas para saber que meu papi tinha pego e colocado no seu armário, mas não vem ao caso!

Eu apenas peguei aquilo que me completa, eu peguei minha casa, peguei aquilo que me lembrasse de tudo aquilo que esta longe, e tudo aquilo tenho por perto, e se juntar isso, é tudo aquilo o que quero comigo!


COPO MEIO CHEIO COPO MEIO VAZIO.

Claro que sou feliz por tê-los aqui comigo, família, e claro que sou uma pessoa incompleta, por não tê-los aqui comigo, família.

Para quem não entendeu, tenho uma mãe Chilena, e um pai Brasileiro e, respectivamente, eu tenho uma família no Brasil e outra no Chile.

Vira e mexe eu me pego vendo fotos, eu me pego lembrando de bons momentos que tive com as pessoas que conheço tão pouco e quero tão bem. Lembro de aromas que meu nariz não se incomodaria em acostumar, lembro de sons que poderia ouvir todo dia e sorrir, lembro de imagens que, mostram que a beleza não esta em algo que possamos ver, e sim sentir.

Eu sou tão aceito aqui, por pessoas que me conhecem e me amam, quanto lá, por pessoas que não me conhecem tão bem, mas que me querem bem. Seria um insulto a minha memória não me sensibilizar com lembranças, com desejos infantis e egoístas de querer ter a minha família inteira comigo, mas isso vai de muitos aspectos, eles também tem família, tem amigos, e não quero ser egoísta a ponto de tirar cada um de sua bolha de conforto.

Talvez seja por isso que eu queira ir para bem longe, estudar e recomeçar. Se não posso ficar com os dois, talvez seja melhor não ficar com nenhum, por mais que eu ame a TODOS, talvez seja melhor sumir um pouco e seguir uma outra estrada, uma imaginária, uma utopia.

A saudade, o pior sentimento que existe, bate todo dia em mim, choro aqui como chorei lá, não são lágrimas constantes, mas talvez a imagem que eu passe, de alguém animado, com um copo meio cheio, seja uma imagem equivocada, seja uma imagem falsa. A imagem que mostraria melhor a minha face seria aquela imagem de uma pessoa quieta e sem graça, cansada da rotina, cansada da distância, um copo meio vazio.

Não tenho apenas uma família que mora longe, tenho amigos também, e me refiro a amizades virtuais, de pessoas que nunca me viram e as vezes confiam alguns segredos a mim, mas não vou falar desses paspalhos, abafa.

Na minha cabeça, eu me obrigo a amar e aceitar tudo o que acontece aqui, alguns conflitos de opiniões, a crença de todos, eu não me sinto tão livre quanto gostaria, eu não me manifesto, eu tento conversar com as pessoas para elas não ouvirem, infelizmente eu não me sinto como a águia que gostaria de ser, sim, uma águia, que voa para onde o vento a leva e é independente, que não precisa com que os outros se preocupem com ela, que consiga se virar sozinha, eu realmente não me sinto assim, eu me sinto um passarinho com as penas das asas cortadas por ser tão dependente dos meus pais.. Eu tenho que ser mais.

Queria ser mais útil, mais comunicativo, quando tento eu falho, mas não dá, meu corpo está aqui, minha cabeça e pensamento está lá, com as pessoas que ainda não conheci e com as pessoas que quero conhecer melhor. Escrevo esta carta, escrevo músicas, eu me esforço para ser aceito, e isso é um erro meu, pois eu deveria me aceitar para poder ser aceito, mas..

WP_20150528_17_48_53_Pro

BEM TOMBADO PELO CONDEPHAAT – ROTEIRO REQUINTES DA SÃO PAULO ANTIGA

Localização: Praça Ramos de Azevedo, s/n

Número do Processo: 21752/81

Resolução de Tombamento: Resolução 49 de 23/12/1981

Publicação do Diário Oficial

Livro do Tombo Histórico: inscrição nº 158, p. 34, 28/01/1982

O Teatro Municipal foi construído em terreno desapropriado pelo estado e cedido à prefeitura, através da Lei 627 de 7/2/1902. Projetado por Domiziano Rossi e Cláudio Rossi e construído pelo escritório de Ramos de Azevedo, as obras do teatro iniciaram-se no dia 26/6/1903 e foi inaugurado em 12/9/1911. Desde então, foi palco para ilustres artistas, além de sediar a realização da Semana de Arte Moderna, de 1922. O teatro é exemplar típico da arquitetura oficial do início do século, de linguagem eclética com forte influência neoclássica. Foi edificado com técnica avançada para a época, em alvenaria de tijolos, estrutura de concreto armado e vigamento em ferro sustentando a cúpula e cobertura. O seu interior é ricamente adornado com pinturas em ouro, grande lustre de cristal sobre a platéia, majestosas escadarias, além de uma infinidade de detalhes em relevo. A última restauração, realizada pelo Departamento do Patrimônio Histórico Municipal – DPH entre 1987 e 1992, ressaltou-lhe o estilo original.

GEOGRAFIA, AULA 1

Olá, meus queridos monstrinhos!

Vou publicar o conteúdo da primeira aula de Geografia, do módulo IV.

O Material foi cedido pelo docente César, e espero que vocês possam aprender um pouquinho sobre!


O Que é Geografia?

Geo = Terra
Grafia = Escrita

É a ciência que descreve o planeta em seus aspectos físicos (naturais) e humanos (Sociais/culturais)

Seu objeto de estudo é o ESPAÇO GEOGRÁFICO.


O que é espaço geográfico?

Espaço geográfico = Elementos sociais + Elementos Naturais

Exemplo, Santiago do Chile
Exemplo, Santiago do Chile

Os Elementos invisíveis.

São elementos que compõem o espaço geográfico e não percebemos em nosso meio.

O Som do coração, 2007


Conceitos Geográficos

Lugar = Elementos naturais + Elementos sociais + Afetividade (sentimento de pertencimento a determinado lugar).

Casas de esquimós, no Alasca, EUA
Exemplo, casas de esquimós, no Alasca, EUA

Paisagem = Elementos naturais + Elementos sociais.

Turista no Machu Picchu
Exemplo, uma turista no Machu Picchu

Região = Determinada área com características naturais e sociais que a diferenciam de áreas vizinhas.

Flórida, EUA
Exemplo, a Flórida, EUA

Território = Espaço delimitado em função das relações de poder decorrentes do interesse que estas despertam nas sociedades.

I love Paraisópolis.. tá bom, SP
Exemplo da favela de Paraisópolis, SP

Rede = Conexão entre os mais diversos pontos do globo terrestre. (Globalização)

Escala = Diferentes níveis de análise, saindo do global em direção ao local.

Região vale do aço, MG
Exemplo do mapa da Região vale do aço, MG

Observação sobre escala;

A escala representa que cada centímetro no papel corresponde a 3 km na superfície real.


Olhar Geográfico

O espaço, O tempo, Análise da paisagem.

Anima mundi, a roda.

Os conceitos geográficos deste vídeo que eu notei.

O lugar vai se transformando conforme o tempo, o território muda conforme os novos meios de vida passam a habitar a região, a escala de tempo passa a ser mais veloz quando os humanos chegam, os mesmos tem um tempo muito mais acelerado do que a natureza, e acabam modificando tudo por lá, transformando o lugar das pedras em uma paisagem.


Formas de Análise: Espaço Natural

Sem Título-2

Espaço natural é aquele espaço produzido apenas pela natureza, exemplo do Grand Canyon. Nele não ocorreu nenhuma interferência humana ou nenhuma transformação realizada pelo homem. Levou milhões de anos para a natureza formar uma das maravilhas do mundo, dependeu muito do Clima, da Hidrografia (o Rio Colorado), a vegetação (formadas por iuca e diversos tipos de cactos), e o relevo, que é cerca de 1,5km de altura.


Formas de Análise: Espaço Cultural

Sem Título-2

Tradição = herança cultural, legado de crenças, técnicas etc. de uma geração para outra

Economia = A Geografia Econômica é o estudo da diversidade de condições econômicas sobre a Terra. A economia de uma área geográfica pode ser influenciada pelo clima, pela geologia, Geografia Econômica e também pelos fatores político-sociais.

Patrimônio = Uma herança

Ética = São princípios, que motivam, distorcem, disciplinam ou orientam o comportamento humano, refletindo a respeito da essência das normas, valores, prescrições e exortações presentes em qualquer realidade social.

Política = Forma de governar uma cidade no caso.

Religião = Um valor individual que forma um grupo de indivíduos.

Exemplo usado pelo profº foi os Hindus, que levam comida para o cemitério e as vezes são debochados por turistas que não seguem a religão, os quais dizem que o morto não irá levantar e comer a comida deixada. A forma de resposta apresentada por ele foi de quebrar as pernas desses desrespeitosos;

Quando você deixa as flores no cemitério, eles também não vão levantar do túmulo e cheira-las.

Moral = Que denota bons costumes segundo os preceitos estabelecidos por um determinado grupo social.


Relação entre Geografia e o Guia de Turismo.

No trabalho, os guias podem esbanjar algumas curiosidades sobre geografia, que seria um diferencial!

O relevo, as nuvens, escalas de mapa, explicar sobre montanhas (que por acaso não existem no Brasil), pequenas curiosidades que o tornam “único”e dão destaque ao profissional.

A geografia entra também nos mapas, um guia precisa saber lidar com a leitura e interpretação de mapas.


Sustentabilidade: suprir as necessidades atuais, sem prejudicar as gerações futuras.

Os guias de turismo são agentes facilitadores da informação, portanto, devem ser o exemplo máximo em uma viagem, e não devem ser exemplo apenas em viagens, mas também, no dia a dia.


Referências

AB`SABER, Aziz. O que é ser geógrafo?. Rio de Janeiro. Editora: Record. 2007.
PNUMA. Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.
SANTOS, M. Pensando o espaço e o homem. São Paulo. Editora: Hucitec. 2007.
TEIXEIRA, Wilson et al. Decifrando a Terra. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009.


Sei que coloquei coisas demais, mas foi o conteúdo da primeira aula inteira do professor Cesar, uma excelente aula!

Espero que tenham absorvido algo monstrinhos, pois o conhecimento, nunca é demais!

CONJUNTO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE VINHEDO.

Qual órgão tombou? 

  • Condephaat

O que é tombamento?

  • O tombamento é o ato de reconhecimento do valor histórico de um bem, que o transforma em patrimônio oficial e institui regime jurídico especial de propriedade, levando em conta sua função social. Um bem histórico é “tombado” quando passa a figurar na relação de bens culturais que tiveram sua importância histórica, artística ou cultural reconhecida por algum órgão que tem essa atribuição.

Local tombado:

  • Conjunto da Estação Ferroviária de Vinhedo.

Quando foi tombado?

  • Inscrição nº 390, p. 113, 11/10/2012

Localização:

  • Rua João Gasparini, Rua Augusto Bombonati, Rua Tabuleirinhos, Avenida Dois de Abril e Rua Monteiro de Barros, sem número.

Número do Processo:

  • 61056/10

Publicação do Diário Oficial:

Sobre a estação:

O Conjunto da Estação Ferroviária de Vinhedo insere-se no primeiro trecho construído pela Companhia Paulista de Estradas de Ferro, à qual se atribui o pioneirismo na eletrificação ferroviária brasileira. A ferrovia impulsionou o desenvolvimento econômico no findar do século XIX na região a noroeste de Jundiaí e Campinas, consolidando ou formando importantes pólos urbanos regionais. O conjunto, composto por Estação Ferroviária, Vila Ferroviária e Cabine de Controle, possui tipologias arquitetônicas que refletem o partido simplificado adotado pela empresa em seus edifícios pioneiros.

E Sonhe como se fosse viver para sempre, e viva como se fosse morrer amanhã.

Denis Fernandes

Denis Fernandes

Infonews

Comece o dia com café e notícias. Para sair de casa já sabendo o que tem nas capas dos principais jornais.

Luiz Mazzali

o mundo pelos meus olhos

ricardob612.wordpress.com/

Empresa de turismo natural e cultural (receptivo e emissivo)

Guia do Estrangeiro

Intercâmbio, trabalho e viagem para a França

Comer, beber, viajar

Um blog sobre as coisas boas da vida

Livro de Viagens

Dicas de viagens, roteiros e informações detalhadas sobre destinos

¿Qué tal?

Vinhos, turismo & fotografias