Arquivo da tag: Allianz Parque

SÃO PAULO PARA TODOS OS GOSTOS!

Grupo: Denis, Gabriella, Guilherme e Ricardo

O São Paulo para todos foi uma ideia do grupo de tentar se diferenciar dos demais roteiros que tinham o foco histórico. Usamos o conceito da maior imigração em massa para o Brasil do século XIX, os Italianos, e o bairro da barra funda foi algo que mostrou muito bem isso, e mostrou também, a integração de Bolivianos e outros estrangeiros da América Latina que vieram para nossa pátria em busca de uma vida melhor.


Sábado passado (27), eu tive o que podemos dizer, como a “primeira experiência profissional” atuando como um guia de turismo! Visitamos pontos que costumo frequentar, dentro da região da barra funda, e foi espetacular, por mais nervoso que eu estivesse.

Pontos visitados

  1. Memorial da América Latina
  2. Shopping Bourbon
  3. Barra Grill (Almoço)
  4. Parque Água Branca
  5. Allianz Parque

Análise crítica

Antes de sairmos, cheguei no SENAC as 6:40 da manhã, o ônibus já estava lá. Solicitei ao motorista da Sajotur que subisse até a rua do estabelecimento, e lá fiz a checagem inicial do ônibus, estava tudo em boas condições.

Devido a atrasos (e não são atrasos curtos), nosso roteiro foi prejudicado, começando pelo GPS que nos enviou por uma rota que estava “interditada”. Foi logo no inicio, antes de irmos para o Memorial, paramos em uma rua onde estava tendo obras, e fomos obrigados a retornar, o que levou entorno de 30 minutos. (O que nos fez perder pelo menos 10)

Durante o serviço de bordo, foi dado aos clientes uma sacola biodegradável, onde os mesmos jogavam os resíduos. Lembrando que, só consumiam os alimentos após uma higienização com o álcool em gel.

O dia não sorria para o nosso grupo, mas o nosso grupo conseguiu manter o controle das coisas, e com mais 10 minutos de atraso, descemos todos ao memorial, onde o monitor Rafael estava lá para nos orientar e explicar sobre algumas obras, tínhamos em mente sair do memorial por volta das 10:50, mas isso só ocorreu as 11:10, trágico! Mas não culpo ninguém a não ser a minha pessoa, que por “incompetência” quis explicar sobre o pavilhão da criatividade.

Seguindo o roteiro, mais um curto atraso, levamos 20 minutos para chegar em um lugar que costuma levar 10, mas chegamos né, embarcamos todos ao Shopping Bourbon, onde a Guia Gabriella explicou um pouco sobre o local, e deixou todos os clientes livre por 30 minutos, grande maioria foi a livraria cultura, enquanto outros foram fazer saques de dinheiro, comprar alguma coisa e etc., nos encontramos no ponto de encontro (em frente ao shopping) as 12:20, e de lá, perdemos mais tempo (sim, o valioso tempo que nos punia tanto), para achar o ônibus que estava um tanto quanto distante. Levamos cerca de 15 minutos para encontrá-lo, e quando encontramos, nos perdemos novamente.

A caminho do almoço, (12:35 por volta), o motorista nos conduzia de forma correta até o local, mas, como o dia sorria para nós (sim, ironia), deu errado de novo! O ônibus estava proibido de fazer o contorno, o que nos custou MUITO tempo! Tivemos que fazer um outro tour para poder chegar na nossa “cantina”. Levamos cerca de 50 minutos para chegarmos lá, os clientes estavam famintos, nervosos (assim como nós -pelo menos eu-), e estava dando tudo errado, afinal, não achávamos o local! Custou, e custou muito, pois o ônibus teve um pequeno arranhão na lateral, e logo no desembarque, fomos “interrompidos” por um ruído bem sem graça, a alguns metros de lá, começava um “pancadão” que deixou todos ainda mais esquentadinhos. O Almoço foi servido por volta das 13:30 (demorou, e muito, o que deixou minha amiga ddianavitor brava), mas no fim, todos comeram!

E como disse antes, tudo estava dando errado.. tínhamos que estar no Allianz Parque por volta da 13:50, o que não aconteceu. As 13:40, alguns ainda estavam com o prato cheio (incluindo a minha pessoa), e a partir daí, tudo foi ficando mais complicado. Levei 4 clientes para comprar sorvete do outro lado da rua, e pelo menos isso foi algo certo.

Levamos mais 20 minutos para chegarmos ao Allianz (já era 14:15), e perdemos o tour, e aí, só depois das 16:00 horas poderíamos fazê-lo novamente. O Que fizemos foi uma jogada óbvia, trocamos os papéis, Allianz encerraria tudo, por mais que custasse o picnic que eu planejava a duas semanas antes.

Ficamos por trás da mancha verde que estavam ensaiando, e antes que nos dessemos conta, já era 15:00, compramos os ingressos para o tour o mais rápido possívele partimos o mais depressa possível para o Parque da Água Branca, guiei-os até o local, o que levou 10 minutos, o guia Ricardo passou a explicar sobre os locais enquanto levei alguns dos clientes para o banheiro. Fizemos um tour dentro do parque, e saímos de lá as 15:30 para mais nada dar errado.

Entramos pela saída e saímos pela entrada, soa confuso mas foi o que houve, pegamos um caminho diferente pela Av. Matarazzo, passamos pela frente de um lugar bem diferente (country), onde um dos clientes não tinha boas lembranças do local, mas todavia, levamos 15 minutos para chegar ao Allianz, e foi a primeira coisa que deu realmente certo no dia, emitimos uma nota fiscal para comprovar os gastos, falamos com um espanhol (uma criança ou um anão?!) fantasiado de louro (mascote do Palmeiras), e começamos o tour. Nosso tour foi algo mais especial, devido ao tempo (tínhamos que estar em Jundiaí as 17:30), portanto, fizemos um tour mais breve, passamos pelo camarote, a cabine de transmissão, os vestiários, e direto ao campo! Sentamos todos no banco de reserva, e tiramos uma das fotos mais hilárias da história, claro que foi na brincadeira, mas.. dentro do Allianz fomos guiado primeiramente pela monitora Diana, e logo tivemos que substituí-la por outro monitor, que fizesse um trabalho mais breve.

Após sairmos, fomos direto ao ônibus, onde fizemos uma brincadeira onde nossos clientes mexiam no lixo (Sim, o mesmo lixo que citei acima, e com uma luva, claro), onde tinham que separar resíduos orgânicos de resíduos recicláveis. Todos apoiaram esse entretenimento, onde mostramos que nossa profissão tem que ser acima de tudo sustentável.

Chegamos em Jundiaí as 18:00, quando todos saíram do ônibus, fiz a checagem do mesmo para ver se esqueceram algo, negativo, ninguém esqueceu, todos entraram nas suas merecidas férias, e até Socorro meus caros. 😉

Obs: As fotos estão com o Guia Denis, e serão publicadas assim que ele nos mandar.

Agradecimento especial a Marjorie, Bárbara e Ana Lívia! Claro, o SENAC também.

NOVO ROTEIRO SÃO PAULO (EM AVALIAÇÃO, PROPICIO PARA MUDANÇAS)

Técnico em Guia de Turismo SENAC Jundiaí

Meios de Transporte – Profa. Bárbara

Grupo Cidade de São Paulo, SP

Integrantes: Denis Fernandes, Gabriela, Guilherme Lorca e Ricardo Silva


Roteiro Técnico: São Paulo para todos os gostos

Local de Saída e Retorno: SENAC Jundiaí

Vicente Magaglio, 50 – Jardim Paulista I, Jundiaí – SP

  • Horário de Encontro: 07:30h;
  • Horário de Saída: 08:00h;
  • Horário de Retorno: 18:30h

VISUALIZAÇÃO 


PONTOS TURÍSTICOS A SEREM VISITADOS

Ponto A – Barra Funda

Ponto BMemorial da América Latina

Ponto CShopping Bourbon (Livraria cultura e Viena)

Ponto DAllianz Parque

Ponto EParque Água Branca

Possíveis Alternativas ou opcionais

SESC Pompéia

Theatro São Pedro

Palestrino (Self Service)


Memorial da América Latina (Chegada prevista para as 9:00 hs, saída prevista para as 11:00)

O Memorial da América Latina é um centro cultural, político e de lazer, inaugurado em 18 de março de 1989 na cidade de São Paulo, Brasil. O conjunto arquitetônico, projetado por Oscar Niemeyer, é um monumento à integração cultural, política, econômica e social da América Latina, situado em um terreno de 84.482 metros quadrados no bairro da Barra Funda. Seu projeto cultural foi desenvolvido pelo antropólogo Darcy Ribeiro. É uma fundação de direito público estadual, com autonomia financeira e administrativa, vinculada à Secretaria de Estado da Cultura.

Webysther_20150321164142_-_Panorama_memorial

  • Galeria Marta Traba, Salão de Atos Tiradentes e Pavilhão da Criatividade Darcy Ribeiro: de terça a domingo, das 9h às 18h;
  • Biblioteca Latino-americana: de segunda a sexta, das 9h às 18h; aos sábados, das 9h às 15h.

Shopping Bourbon (Chegada prevista para as 11:15, Saída prevista para as 14:00hs) (Visitas dentro do shopping)

O Bourbon Shopping São Paulo é um centro comercial localizado entre os bairros Pompeia, Perdizes e Água Branca, na cidade de São Paulo, Brasil.

shoppingbourbon

O Bourbon Shopping São Paulo é um dos mais modernos shoppings de São Paulo, oferecendo aos paulistanos ummix completo de compras, lazer e cultura. São 195 lojas nos segmentos de moda, beleza, artigos esportivos, acessórios, alimentação, eletroeletrônicos, cultura, entretenimento e serviços. Dentre as opções de moda se encontram marcas nacionais e internacionais, somadas às quatro maiores lojas de departamento do Brasil, Renner, Riachuelo, C&A eZara. Ganham destaque grifes top no cenário fashion, como Tommy Hilfiger, Le Lis Blanc, Crawford, Animale, Victor Hugo, Nike, Forever 21, entre outras.

Na área de cultura e entretenimento, o shopping abriga 10 salas de cinema no Espaço Itaú, Livraria Cultura e aprimeira sala IMAX do Brasil, com tela gigante e projetores especiais capazes de reproduzir imagens em 3D. O shopping conta ainda com o Teatro Bradesco, o mais moderno da América Latina. O local, com capacidade para 1.500 lugares entre plateia, camarotes e mezanino, apresenta palco italiano multiuso adequado estrutural e tecnicamente para óperas, musicais e espetáculos internacionais.

A praça de alimentação reúne opções que vão do fast food à cozinha internacional, complementadas pelos restaurantes Outback, Andiamo, América e Almanara. O Bourbon Shopping também trouxe a São Paulo a primeira operação da rede de hipermercados Záffari, marca que é referência nacional de qualidade de produtos, atendimento e conforto de instalações.

  • Inauguração: 2008
  • Lojas: 195
  • Âncoras: C&A, Renner, Riachuelo, Záffari, Fast Shop e Centauro
  • Área de vendas: 51.300,44 m²
  • Cinema: 10 salas Espaço Itaú de Cinema e uma sala com a tecnologia IMAX 3D
  • Teatro Bradesco: 1500 lugares
  • Praça de Alimentação: 1200 lugares

Fotos, aqui.


Livraria Cultura (Bourbon 45 min.)

teatro-livraria-cuktura

A Livraria Cultura é referência no mercado brasileiro e suas lojas estão sempre atualizadas em todas as áreas, tanto no que diz respeito a publicações nacionais quanto a importadas. 


VIENA (Almoço de 50 minutos)

  • Piso Jurupis – Loja 239/240
  • telefone: (11) 3673-0659
  • Horário de funcionamento: Abertura – 2ª a Sábado – 11:20h / Domingo – 11:30h
  • Fechamento – Domingo a 5ª feira – até as 22:00h – 6ª e Sábado – 22:30h

+ 20 minutos para compras ou afins.


ALLIANZ PARQUE (Chegada prevista para as 14:15, saída prevista para as 15:30)

Batizada como Allianz Parque, a arena tem 43.600 lugares cobertos, 178 camarotes privativos de 12 a 21 lugares, um restaurante panorâmico, lanchonetes, lojas, centro de convenções com estrutura modular para até 1.500 visitantes, centro de mídia para até 1.000 profissionais da imprensa, um memorial com espaço multimídia com registros da história do clube e estacionamento coberto contíguo para até 2.000 carros, com vagas exclusivas para motocicletas e bicicletário. Eventos múltiplos, como shows e concertos, podem receber até 55 mil espectadores.

960_b8136ade-953a-3f43-b531-2f127c98ca33

Tour


PARQUE DA ÁGUA BRANCA (Chegada prevista para as 15:45, saída prevista para as 17:00)

inaugurado em 1929, o parque, que funciona diariamente, das 6h às 22h, possui várias opções de atividades para as crianças, com brinquedoteca e espaço de leitura infantil – em alguns dias ainda conta com a presença de contadores de história. Abriga um parque de diversão permanente com balões pula-pula infláveis e carrosséis de carrinhos, e parquinhos com balanços, gangorras e diversos brinquedos, que ficam espalhados pelo parque. Ao longo do ano também há uma ampla grade de programação voltada ao público infantil.

agua7

  • Parque da Água Branca
  • Horário de funcionamento: diariamente, das 6h às 22h. Aquário: às segundas-feiras, das 13h às 17h. Terça a domingo, das 9h às 17h.
  • Grátis (somente o aquário R$ 2).
  • Tel.: (11) 3865-4131.

SÃO PAULO, 7 DE JUNHO!

MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA!

América! Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade
América! Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade
América! Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade
América! Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade
México! Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade
México! Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade
 Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade
Memorial da América Latina, Pavilhão da Criatividade

O acervo permanente de cerca de 4 mil peças de arte popular do Brasil, México, Peru, Equador, Guatemala, Bolívia, Paraguai, Chile e Uruguai, exposto em 1600 m², é único no país. Trajes típicos, máscaras, estandartes, instrumentos musicais, objetos de adorno e de uso cotidiano, brinquedos, adereços religiosos e profanos,obras em argila, madeira, esculturas em ferro, fibas, entre muitas outras peças – testemunho eloquente da criatividade popular – fazem parte do acervo do Pavilhão da Criatividade.

As peças de arte do acervo permanente foram selecionadas e adqueridas no transcurso de apenas dois meses. A aquisição da coleção foi conduzida pelos fotógrafos  Jacques e Maureen Bisillia, que em 1988 viajaram para o México, Guatemala, Equador e Peru, países escolhidos por Darcy Ribeiro para compor um acervo inicial, baseado na linha-mestra das grandes civilizações pré-hispânicas, tendo o Brasil como anfitrião.

Memorial da América Latina
Memorial da América Latina, Salão dos Atos

Sede de solenidades e recepções oficiais ligadas às questões do subcontinente latino-americano, o Salão de Atos Tiradentes é o coração do Memorial. A luz, tênue, filtrada por uma parede envidraçada, preenche o ambiente de 30 metros de altura. Essa “catedral profana” abriga a mais importante obra de Cândido Portinari, o Painel Tiradentes, de 1948, que mede 18,00 x 3,00 m, além de seis painéis em baixo-relevo, construídos em concreto aparente pelos artistas plásticos Caribé e Poty, e que medem cada um 4 x 15 m.

Memorial da América Latina com o Sr. Araújo!
Memorial da América Latina com o Sr. Araújo! Galeria de Arte

A Galeria Marta Traba de Arte Latino-Americana é um espaço privilegiado para a difusão da arte latino-americana e para o intercâmbio cultural com os países do nosso Continente.

Projetada por Oscar Niemeyer, a Galeria é hoje o único espaço museológico existente no Brasil, inteiramente dedicado às artes e à cultura latino-americanas.

Ocupando uma área de 1.000 m², o espaço é sustentado por uma única coluna central, circundado por painéis que permitem ao visitante, desde a entrada, uma visão do conjunto das obras expostas.

Composta por duas salas expositivas, a Galeria Marta Traba de Arte Latino-Americana possui todos os equipamentos necessários para a segurança das obras de arte como, controle de temperatura, de umidade e de iluminação, com local adequado para climatização na desembalagem e para manuseio e guarda.

Memorial da América Latina
Memorial da América Latina, Antiga sede do Parlamento Latino-Americano.

Quando foi criada, em 1964, a instituição era itinerante. Ganhou sede própria em 1992, graças ao interesse de Orestes Quércia, que havia deixado o governo um ano antes. Inventado com o objetivo de congregar parlamentares de todas as nações latino-americanas no debate de temas e propostas de leis de interesse comum, o Parlatino conta hoje com treze comissões. Entre suas realizações estão, por exemplo, a redação do Código Latino-Americano de Defesa do Consumidor em 1997, adotado por oito países logo após sua aprovação (para serem implementadas, as leis do Parlatino precisam ser votadas e referendadas em cada uma das nações). “Quando o código foi criado, apenas o Brasil tinha legislação sobre consumo em vigor”, lembra o deputado federal Celso Russomanno (PP-SP), que integrou o grupo responsável por esse trabalho. Atualmente, cerca de 650 senadores e deputados indicados pelos países participantes atuam em projetos do Parlatino. Eles se encontram esporadicamente no local – boa parte dos contatos é feita por e-mail ou telefone. A cada ano, cerca de 1500 legisladores visitam a sede. Mesmo o atual presidente do órgão, o senador chileno Jorge Pizarro Soto, dá expediente por lá apenas dois dias por mês. “Ficaremos muito bem em 1 000 metros quadrados”, afirma o deputado federal Bonifácio Andrada (PSDB-MG), representante brasileiro na junta diretiva do Parlatino. Ele se refere ao espaço que a instituição deverá ocupar a partir do ano que vem – uma área do Palácio do Buriti, em Brasília, que o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, estuda ceder. “O que não pode acontecer é o parlamento deixar de ser sediado no Brasil, já que sua posição aqui reforça a idéia de que somos líderes desse bloco de países.”

A direção do Memorial da América Latina ainda não sabe que destino dará ao edifício do Parlatino. Por causa de seu confortável auditório, fala-se que sua vocação natural seria a de centro cultural dedicado à música. Qualquer decisão nesse sentido terá de ser aprovada pela Secretaria de Ensino Superior. O projeto do Memorial, idealizado pelo antropólogo Darcy Ribeiro e inaugurado em 1989, determina como uma de suas principais missões o incentivo no meio acadêmico paulista a pesquisas e atividades relacionadas à América Latina. Por isso fazem parte do conselho curador do Memorial os reitores das três universidades estaduais – Unicamp, USP e Unesp. Com a transformação do Parlatino em casa de shows, é provável que o local se torne mais conhecido dos estudantes – e do público em geral – do que agora. Se não fosse pelo despejo, poucos paulistanos saberiam o que se passa dentro do belo elefante circular da Barra Funda.

Webysther_20150321164142_-_Panorama_memorial


ALLIANZ PARQUE

Allianz Arena
Allianz Parque
Allianz Arena
Allianz Arena

Batizada como Allianz Parque, a arena tem 43.600 lugares cobertos, 178 camarotes privativos de 12 a 21 lugares, um restaurante panorâmico, lanchonetes, lojas, centro de convenções com estrutura modular para até 1.500 visitantes, centro de mídia para até 1.000 profissionais da imprensa, um memorial com espaço multimídia com registros da história do clube e estacionamento coberto contíguo para até 2.000 carros, com vagas exclusivas para motocicletas e bicicletário. Eventos múltiplos, como shows e concertos, podem receber até 55 mil espectadores.


PQ. Água Branca
PQ. Água Branca
PQ. Água Branca
PQ. Água Branca

Inaugurado em 1929, o parque, que funciona diariamente, das 6h às 22h, possui várias opções de atividades para as crianças, com brinquedoteca e espaço de leitura infantil – em alguns dias ainda conta com a presença de contadores de história. Abriga um parque de diversão permanente com balões pula-pula infláveis e carrosséis de carrinhos, e parquinhos com balanços, gangorras e diversos brinquedos, que ficam espalhados pelo parque. Ao longo do ano também há uma ampla grade de programação voltada ao público infantil.

Para os amantes dos animais, o parque é ótimo para ter contato direto com diversas espécies, como as carpas e as tartarugas, que ficam em tanques espalhados pelo local, ou com os pavões, galinhas, pintinhos e gatos que ficam soltas pelo parque. Às vezes, é possível ver saguis pelas árvores. O local também possui um aquário com as principais espécies da bacia hidrográfica do Estado, com valor de entrada a R$ 2 por visitante.

A terceira idade também possui espaço no parque, como a Praça do Idoso, um local com aparelhos para a prática de ginástica, que é bastante frequentado. Diversas atividades também são desenvolvidas ao longo do ano, como ginástica antiestresse e yoga – a programação deve ser consultada diretamente no parque.


Livraria Cultura!
Livraria Cultura!
Livraria Cultura! Nunca mais faço isso, o Darth me pegou depois!
Livraria Cultura! huehue
Livraria Cultura! Darth Vader me puniu pelo o que eu fiz com o Batman. :(
Livraria Cultura! Darth Vader me puniu pelo o que eu fiz com o Batman. 😦
Livraria Cultura!
Livraria Cultura!
Livraria Cultura
Livraria Cultura
Livraria Cultura!
Livraria Cultura! Um Gênio bilionário playboy filantropo.

A Livraria Cultura é referência no mercado brasileiro e suas lojas estão sempre atualizadas em todas as áreas, tanto no que diz respeito a publicações nacionais quanto a importadas. É a maior livraria que já entrei, e é muito confortável lá dentro!


OPINIÃO

No memorial

Bom, tudo é perto, porém, caminhar naquelas calçadas é uma tremenda tortura! As curvas, as rachaduras, uma hora ou outra você pode tropeçar em algo.. a sujeira nas ruas causada pela população, são uns porcos! Sempre via lixo jogado nas calçadas, sendo que a menos de 10 passos encontraríamos um latão para que jogássemos os resíduos!

Por outro lado, o espaço é lindo, as obras, a arquitetura, é tudo genial, grande Niemeyer! Nota 3.7.

No Allianz

O Acesso é fácil pois tem um terminal de ônibus e trens a menos de 3KM de lá. Estava tudo muito lotado, e as pessoas de amarelo eram as que mais jogavam copinhos na rua, o que as pessoas tinham de beleza exterior, faltava de educação! Claro que generalizo por causa de 20 ou 30 que vi, mas educação vem de casa, e 1 consegue manchar a imagem de 10.

Todos felizes, as equipes de TV estavam por lá, a festa foi bonita com pessoas bonitas, o estádio mais belo que já vi, tudo muito moderno.. clima era de felicidade! Nota 3.5.

Parque da Água Branca

Um lugar bem verde e bonito, também com seus porcos e sua sujeira, mas dos 4, não é o pior! O que falta por lá é bebedouros, vi apenas um! E eu estava bem cansado, e tive que atravessar o parque para poder beber a água.

Porém, como eu disse, tudo lá é verde, os animais correndo livremente, é tudo muito lindo, quase sempre vou lá quando vou para Sampa!  Muito calmo, muito gostoso e agradável! Nota 4.2

Shopping Bourbon

Fácil acesso, bem perto do estádio, estava infestado de brasileiros honrando o manto! Pessoas lindas (só não mais que eu :p), sorridentes, que contavam histórias umas para as outras, variedades de comida na praça de alimentação (fui ao Viena, e super recomendo), cinema, muitas lojas, abrem sempre as 14hs aos domingos, o que é péssimo, mas..

Fiquei o maior tempo na livraria cultura, e é magnifico..os livros, os jogos, os atendentes sempre te tratando bem, nota 4.7.


REFERENCIAS