JUNDIAÍ.

O nome Jundiaí é de origem tupi e vem da palavra “jundiá”, que significa “bagre” e “y” significa “rio”. Alguns estudiosos também consideram o termo “yundiaí” como “alagadiços de muita folhagem e galhos secos”.

A região de Jundiaí era habitada por povos indígenas até o final do século XII. Em 1615, chegam os primeiros colonizadores a esta região, e assim a fundação do município remetente a vinda de Rafael de Oliveira e Petronilha Rodrigues Antunes por motivações políticas.

A partir da segunda metade do século XIX, a produção cafeeira ganhou força para o oeste e isso promoveu o crescimento da cidade devido à construção da Estrada de Ferro São Paulo Railway que ligava o município de Santos ao de Jundiaí.

3   Neste contexto, os grandes produtores rurais passaram a buscar novos trabalhadores e teve início o amplo processo de imigração, com a participação direta do Governo Federal. Os primeiros foram os italianos, que se instalaram preferencialmente na região da Colônia, no Núcleo Barão de Jundiaí, implementado pelo então presidente da Província de São Paulo, Drº Antônio de Queiroz Telles (Conde de Parnaíba), filho do Barão de Jundiaí. Depois, outros europeus foram instalados no comércio, na lavoura e alguns passaram rapidamente de colonos a proprietários, incrementando a atividade agrícola. A imigração estimulou o crescimento comercial, industrial e ainda, do segmento de serviços e infraestrutura urbana.2

Enquanto isso, Jundiaí se destacava como uma cidade estratégica no setor ferroviário, com a instalação da Ferrovia

Santos-Jundiaí (em 1867), a Cia. Paulista de Estradas de Ferro (em 1872), da Cia. Ituana (em 1873), da Cia. Itatibense (em 1890) e a Cia. Bragantina (em 1891).

Com o passar dos anos houve uma grande ascensão por parte da Cidade de Jundiaí, esta que foi eleita uma das melhores para se viver no Estado de São Paulo. Hoje, os investimentos continuados em setores considerados estratégicos, que serviram para alavancar o crescimento econômico, gerar empregos e melhorar a qualidade de vida das pessoas, são essenciais, para se alcançar um bom nível de desenvolvimento.     Considerando os municípios com mais de 300 mil habitantes, Jundiaí é a primeira cidade do Estado de São Paulo e do Brasil no ranking do IFDM — Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal.

“No ranking do IDH — Índice de desenvolvimento Humano da ONU — Jundiaí está classificada na 4ª posição no Estado de São Paulo e 11ª no Brasil.”

Complemento do texto Festa da Uva de Jundiaí.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s