FESTA DA UVA DE JUNDIAÍ

Como em quase todo o país no século XIX e XX, o café predominava as plantações da cidade de Jundiaí. Mas antes mesmo da crise de 1929, Jundiaí sofreu com a perda de seus cafezais no ano de 1918, devido a uma geada, e isso impulsionou o plantio de uvas na cidade, começando no bairro do Colonia e Caxambu o inicio do plantio de uvas para vinhos.

plantacao_uva_traviu_G
Primeira edição do evento

Em 1933, acontece na agricultura de Jundiaí um fenômeno que viria mudar a história da cidade. Em virtude de uma mutação genética espontânea (que pode ter ocorrido naturalmente através da polinização das abelhas), surge, nos vinhedos jundiaienses, uma nova variedade de uvas: a niágara rosada.

Antonio Pincinato, Hermes Traldi, Cândido Monjola, Rogério Baston, Artur Del Vech e o então prefeito da época Antenor Soares Gandra idealizaram o evento que consolidou Jundiaí como centro  produtor de uvas, além de difundir a riqueza e a importância da viticultura na região.

O local do primeiro evento foi o Centro das Artes e acabou abrangendo também a atual Escola Estadual Conde do Parnaíba, onde foi feita a exposição industrial, mostrando todas as atividades industriais da cidade, e recebeu cerca de 100 mil pessoas. A festa ocorria a cada 4 anos, e sua segunda edição foi realizada no Largo Santa Cruz em 1938, atualmente o local é a praça da bandeira no centro da cidade. Já em 1942, a festa foi interrompida devido aos eventos da segunda guerra mundial, retornando apernas em 1947.

318602_245250558939943_772390712_n-1
Inauguração do Parque Comendador Antônio Carbonari

Em virtude ao sucesso dos eventos, durante a gestão de Vasco Vencchiarutti, entre 1948 e 1952, ocorreu a construção de um local dedicado a festa, o Parque Comendador Antônio Carbonari, e em 1953, durante a gestão de Luiz Latorre, a Festa da Uva passou a ser realizada no local em que permanece até hoje, o popular “parque da uva”.

A Festa fez em 2015, 81 anos de história. São 32 edições da maior Festa da Uva do Estado de São Paulo, reconhecida em todo o Brasil. Para resgatar as tradições e valorizar a cultura local, o evento reúne, além dos produtores rurais, atrações musicais, teatrais, de dança, gastronomia típica e exposições em dez dias de atividades gratuitas.

Em 2016, a festa vai ser de 14 a 31 de janeiro, no Parque Municipal Comendador Antonio Carbonari, o Parque da Uva. Nos vemos lá.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s