MÚSICA DO DIA

– Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando, foi justamente num sonho que ele me falou.:

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado

Você pensa em mim toda hora
Me come, me cospe, me deixa
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar

Eu sou a luz das estrelas
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida
Eu sou o medo de amar

Eu sou o medo do fraco
A força da imaginação
O blefe do jogador
Eu sou, eu fui, eu vou

Gita! Gita! Gita!
Gita! Gita!

Eu sou o seu sacrifício
A placa de contra-mão
O sangue no olhar do vampiro
E as juras de maldição

Eu sou a vela que acende
Eu sou a luz que se apaga
Eu sou a beira do abismo
Eu sou o tudo e o nada

Por que você me pergunta?
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra
Do fogo, da água e do ar

Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim
Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim.

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador
A letra A tem meu nome
Dos sonhos eu sou o amor

Eu sou a dona de casa
Nos pegue pagues do mundo
Eu sou a mão do carrasco
Sou raso, largo, profundo

Gita! Gita! Gita!
Gita! Gita!

Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego
E a cegueira da visão

Eu!
Mas eu sou o amargo da língua
A mãe, o pai e o avô
O filho que ainda não veio
O início, o fim e o meio
O início, o fim e o meio
Eu sou o início
O fim e o meio
Eu sou o início
O fim e o meio

CANÇÃO: GITA

CANTOR: RAUL SEIXAS

COMPOSIÇÃO: PAULO COELHO E RAUL SEIXAS


VÍDEO

https://www.youtube.com/watch?v=yMq6gcbsZKM


ANÁLISE

Raul traduziu em poesia a onipresença* de Deus em toda as coisas.

Onipresença = Estar em todo lugar a todo instante

Não podemos entender o que é Deus, pois nos falta conhecimento. Mas podemos ter idéias exatas sobre como ele NÃO PODE ser.

Deus NÃO É um senhor de barba branca que irá julgar seus pecados e caridades feitas durante sua vida na Terra.

Deus é o criador e pela sua sabedoria infinita ele criou leis irrevogáveis (leis naturais, lei da existência, lei da causa e efeito), que nos dão a possibilidade de entendermos que todos nós somos irmãos nessa e em outras vidas. Aquele que infringir essas regras estará, por consequência natural, atrasando seu próprio desenvolvimento e aumentando suas dores. É como o aluno que repete de ano e precisa refazer a matéria. A dor é uma lei natural que serve apenas para nos ensinar. Ela machuca mas nos é benéfica. Se não sentíssemos dor nós morreríamos após se machucar gravemente e não percebermos isto. Machucaríamos uns aos outros com muito mais frequência também. Podemos dizer então que Deus está na dor, pois ele criou essa lei natural que nos protege.

Deus é infinito, onipresente, onipotente, soberanamente justo e bom. É misericórdia, é paz, é amor.

Em sonho, Deus responde para Raul por que o homem se queixa pelo fato de Deus não se fazer presente diante das injustiças do dia-a-dia.

Deus criou as leis da natureza. A natureza é constituído de energia. A energia é a matéria do pensamento. Nossos pensamentos são o resultado de nossa própria personalidade. Energia nunca se perde, apenas se transforma.

Deus –> Natureza –> Energia –> Pensamento –> Personalidade

Nossa personalidade baseada em energia nada mais é do que a alma, que resiste após a morte corporal. Baseada em leis naturais, essa alma se prende novamente a uma nova carne para continuar o processo de aperfeiçoamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s